5 oportunidades de compra de empresas durante a pandemia

5 oportunidades de compra de empresas durante a pandemia

9 de outubro de 2021 0 Por Redação

Apesar da crise proporcionada pela pandemia de Covid-19 no país e no mundo, o cenário abriu algumas oportunidades para a compra de empresas em determinadas situações. Em 2020, por exemplo, o número de transações foi acima do esperado, justamente porque investidores identificaram o momento como oportuno para adquirir companhias que estavam com dificuldades.

Normalmente isso traz um bom retorno para o investidor a partir da retomada da economia e reerguimento do negócio. Essa perspectiva impulsiona mais ainda o mercado de fusões e aquisições. Além disso, outro fator deve mexer com o mercado em 2022: as eleições. Por isso, o momento pode ser ainda mais favorável para a compra de empresas agora.

Diante deste panorama, selecionamos algumas oportunidades que o empreendedor pode ter na compra de empresas:

  1. Bom momento para negociar

Ao comprar uma empresa que já está em funcionamento, mas passando por dificuldades durante a crise, cria-se uma boa chance de negociar. Isso significa que se você quiser expandir seu negócio, é importante capturar as melhores oportunidades que o mercado está oferecendo. Durante a crise, há muitos empresários que podem estar procurando um respiro financeiro, encontrando na venda uma saída para seus problemas de fluxo de caixa.

  1. Consolidação de mercado

As boas negociações trazem também boas oportunidades para consolidação de mercado. Ao adq      uirir uma empresa do mesmo segmento que o seu, o empresário elimina a concorrência e pode crescer sua marca, se tornando uma referência mais consolidada para um portfólio ainda maior de clientes.

  1. Complementaridade de negócio

Outra oportunidade na compra de empresas durante a pandemia é poder complementar o negócio com alguma ferramenta ou serviço que a companhia ainda não possui, mas que está em alta por conta das mudanças de um novo cenário mais digital. É comum empreendedores buscarem se unir com empresas de tecnologia para que essas ferramentas estejam “dentro de casa’’ sem terceirizar esses serviços.

Nesse caso, a aquisição de uma empresa também ajuda na redução de custos, e durante crises isso pode ser muito importante. Manter um portfólio de produtos mais amplo e complementar também aumenta também a margem de vendas.

  1. Diversificação

Obter maior diversificação e presença em diversas localidades ou ter uma carteira de clientes mais ampla é outro bom motivo para comprar uma empresa. E durante a pandemia isso pode ser facilitado, novamente por conta de negócios que estão passando por dificuldades, precisando se manter, e em busca de compradores.

  1. Visibilidade

Se você não tem um negócio próprio e está na dúvida se quer iniciar um do zero ou comprar uma empresa, a crise pode trazer uma boa oportunidade para a segunda opção. Devido a fatores já mencionados anteriormente, os preços mais baixos e mais empreendedores buscando consolidação e ajuda para manter seus fluxos de caixa rodando faz com que a busca por um investidor ou sócio esteja em alta. E a vantagem de comprar uma empresa que já existe é saber que ela possui uma marca conhecida, com uma carteira de clientes formada e uma infraestrutura em funcionamento.

Cuidados ao comprar empresa

Agora que você já sabe quais oportunidades que uma crise como a pandemia podem trazer para adquirir uma empresa, é preciso pontuar também alguns cuidados que devem ser tomados antes de fechar o negócio.

Primeiramente, é preciso identificar as sinergias que a compra de uma empresa vai gerar para a sua marca. Ou seja, não adianta apenas comprar por comprar, e sim avaliar se a empresa a ser adquirida possui alguma conciliação que traga vantagens ao seu negócio atual, como melhores condições financeiras, maior acesso a canais de distribuição, melhora no nível de atendimento, vantagens operacionais e administrativas, ou sinergias relacionadas a marketing e estratégias.

Com isso em vista, alguns passos devem ser seguidos para que a compra seja efetivada:

  • Escolha do alvo: Saber se a empresa visada é, de fato, o melhor target para o seu negócio.
  • Valor de aquisição: Fazer uma avaliação da empresa adquirida para calcular qual seu preço de forma a encontrar um valor justo.
  • Integração pós-fusão: Esse é o momento em que a compra foi efetivada, mas é preciso fazer com que as sinergias sejam concluídas para que haja ganhos na transação.

É sempre importante contar com uma consultoria especializada na compra de empresas para garantir que você está criando valor ao seu negócio sem cair em armadilhas e, de fato, aproveitando as melhores oportunidades. A Capital Invest oferece consultoria em M&A, auxiliando na compra, venda e avaliação de empresas

Fonte: Capital Invest – assessoria especializada em fusões e aquisições.