Novelis patrocina iniciativas para incentivar a leitura de crianças, adolescentes e adultos

Novelis patrocina iniciativas para incentivar a leitura de crianças, adolescentes e adultos

6 de outubro de 2021 0 Por Redação

Realizadas pela Rede Educare com patrocínio da líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, projetos entregam espaços lúdicos e acervos de livros para pessoas em vulnerabilidade social em cidades brasileiras

Desde 2016, a Novelis, líder mundial em laminados e reciclagem de alumínio, e a Rede Educare, especializada em leis de incentivo, atuam em parceria para fomentar projetos que levem cultura para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Em outubro desse ano, mais três iniciativas tomam forma, após um ano de fechamento de escolas e espaços lúdicos devido à pandemia.

Biblioteca do Futuro

No dia 7 deste mês, será inaugurada a primeira Biblioteca do Futuro em Pindamonhangaba (SP), cidade que abriga a fábrica da Novelis. O projeto convida alunos e educadores a entrarem em contato com o universo da sustentabilidade por meio de um acervo de 850 livros. Localizado na Escola Municipal Prof Julieta Reale Vieira, o espaço atenderá cerca de 385 crianças de 4 a 10 anos.

Por meio dos materiais do espaço, as crianças poderão se informar sobre temas importantes para a atualidade e o futuro do planeta: Reciclagem e os 5 Rs da Sustentabilidade; Energias Renováveis; O Ciclo da Água; e Sistema Solar. A mascote da Biblioteca do Futuro será o dinossauro Diplo, que também trará os amigos dinossauros para compor o espaço lúdico.

“A leitura é a principal ferramenta para a formação de indivíduos e um poderoso instrumento na construção de um futuro digno e justo para todos. Ajudar a geração do futuro com conhecimento e oportunidade é uma prioridade para a Novelis. Sentimos grande satisfação em poder participar de projetos como esse e dar continuidade a eles, mesmo com adversidades como a pandemia”, ressalta Eunice Lima, diretora de comunicação e relações governamentais da Novelis América do Sul.

O design do projeto remeterá aos temas trazidos pelos livros e pelas reflexões permitidas a partir do aprendizado. Na parede azul, temas voltados a reciclagem e coleta seletiva, em conjunto com livros com conteúdo de sustentabilidade. Na parede verde, informações sobre energias renováveis e ciclo da água, espaço de descoberta através dos brinquedos e elementos da Ludoteca, além da construção da relação de altura e formas geométricas. Por fim, na parede branca, um espaço para desenvolvimento da criatividade infantil, trazendo questões de letramento, alfabetização e atividade psicomotora, associados a informações sobre sistema solar.

A Biblioteca do Futuro também ganhará um espaço em Santo André (SP), na Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Prof Célia Inês Domingues de Arruda Assis. Lá, serão atendidas 700 crianças e adolescentes de 4 a 15 anos e acima de 18 anos.

Cantos de Leitura e Arte Recicla

A cidade de Pindamonhangaba (SP) também receberá a quinta edição do Cantos de Leitura. O espaço havia sido montado em 2020, mas permaneceu fechado devido à COVID-19. No dia 7, a área finalmente ganhará vida na Escola Municipal Ayrton Senna da Silva. Nessa mesma data, a escola municipal ainda receberá o projeto “Arte Recicla”, em que a Rede Educare e a líder do setor de alumínio convidam professoras da instituição de ensino e mulheres que trabalham na cooperativa de Pindamonhangaba para participarem de um workshop de 3 horas com uma consultora que irá falar sobre Imagem & Estilo.

“Com foco na formação de novos leitores, o Cantos de Leitura acredita na abertura de perspectivas, na partilha de entendimentos e na socialização. Queremos estimular o contato de crianças, jovens e até adultos com a literatura, possibilitando o acesso gratuito da comunidade ao conhecimento” explica Kátia Rocha, diretora da Rede Educare. Neste ano de 2021, o projeto, realizado via Lei de Incentivo à Cultura, da Secretaria Especial da Cultura, inaugura 6 novos espaços em cidades brasileiras. Até o momento, já foram doados cerca de 66 mil livros. Até o final do ano, serão ao todo 73.200 mil livros de diferentes editoras e gêneros literários, colocados à disposição de milhares de beneficiados do projeto, entre crianças, jovens e adultos.

O Cantos de Leitura tem ambientação lúdica e conta com materiais pedagógicos e brinquedos educativos. São mais de 23 mil beneficiados pelo Brasil, de diversas faixas etárias, que frequentam gratuitamente, todos os dias, os espaços. O acervo do Cantos é formado por jornais, revistas e periódicos, além de um vasto catálogo de livros.

A quinta edição do projeto também chegará, neste mês, às cidades de Curitiba (Paraná) e Santo André (São Paulo). Já nas cidades de São Paulo; Poá; e Orlândia, no estado de São Paulo; e em Brasília, no Distrito Federal, o Cantos de Leitura chegou à sua sexta edição ainda no mês de setembro.

A realização contou com a colaboração de cooperativas, escolhidas em parceria com o Movimento Nacional dos Catadores, que ajudaram na seleção de cidades e cooperativas para implementação do projeto esse ano. A sexta edição do Cantos acontece nos seguintes espaços: Cooperativa Coopamare (São Paulo); Cooperativa CRUMA (Poá); Cooperativa Coperlol (Orlândia); e Cooperativa CENTCOOP (Brasília).